hotelesencanto.org/usuario/marciosallem/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > marciosallem
35 years (BRA)
Usuário desde Agosto de 2010
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Crítico de cinema filiado a Abraccine e OFCS em http://cinemacomcritica.com.br/ (instagram @cinemacomcritica).

Últimas opiniões enviadas

  • Cinema com Crítica

    Parece uma temporada de True Detective adaptada ao cinema, pela forma com que estabelece sua estrutura narrativa, que aposta em flashbacks para revelar como Erin chegou ao estado em que está, mas principalmente pela proposta de revelar o árduo trabalho policial, fora da glória e amargado pelas consequências do que se testemunha.

    Nicole Kidman está excelente como a niilista e obcecada policial em busca de vingança, que pode fazer o que quiser porque não se importa com as consequências disto em sua vida. A questão é que o roteiro a deixa na mão: sua trama é simplérrima, saltando entre pistas até chegar em quem procura, enquanto a insistência em inserir flashbacks parece mais trapaça gratuita da diretora Karyn Kusama do que implicação da narrativa e do que Erin é obrigada a enfrentar. Como policial, é apenas trivial, e isto acaba atrapalhando seu plano de ser um estudo de personagem mais envolvente e dramático do que de fato é.

    Visite o @cinemacomcritica no Instagram - www.bit.ly/igcinemacomcritica

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Cinema com Crítica

    Do ponto de vista técnico, sobram elogios à reconstrução da Barcelona do início do século passado, à fotografia e ao resgate de elementos do gênero noir e gângster. A trama ainda tem importância além de mero registro de uma época, apresentando debates atuais, como a igualdade das mulheres, melhores condições de trabalho e o intervencionismo militar em situações forjadas.

    Mas falta maior envolvimento do público com esse mundo. Seu protagonista moralmente corruptível não é âncora que precisávamos, enquanto o restante do elenco espreme-se a fim de fazer suco com participações coadjuvantes bastante discretas. Chega a conclusão e não conseguimos equacionar, emocionalmente, as consequências para os personagens porque não nos importávamos com eles, apesar de, como retrato muitíssimo bem feito da Espanha, fiquemos impressionados.

    Visite o @cinemacomcritica no Instagram - www.bit.ly/igcinemacomcritica

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Cinema com Crítica

    Sitcom é a abreviação do subgênero 'comédia de situação', em que o humor é descoberto em casos e acasos corriqueiros, e os daqui envolvem a melhor idade, as perdas e dores e a amizade entre Sandy, um ator frustrado convertido em professor de atuação, e Norman, um agente conceituado. A dinâmica entre Michael Douglas e Alan Arkin vale ouro e ajuda a superar a falta de ambição dos 8 episódios da temporada, que resolve com simplicidade seus obstáculos mais cascudos.

    Chuck Lorre, criador de Big Bang Theory e Two and a Half Men, até apela às piadas mais fáceis do audiovisual geriátrico (como já é conhecido), apesar de na maior parte do tempo ter o coração no lugar certo e ser inteligente em deixar seus atores livres, especialmente o sempre ágil nas respostas Arkin. Com isto, e a participação de figurações especiais, como Elliot Gould (que você recordará como sendo o pai do Ross e da Monica ou da trilogia dos Homens e um Segredo), a temporada passa como brisa gostosa e deixa o suave sabor do agridoce para novos episódios.

    Visite o @cinemacomcritica no Instagram - www.bit.ly/igcinemacomcritica

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.